Comprar Agora

Óleo da caixa de velocidades | Vale a pena trocar?

Valvulina e Óleo da caixa de velocidades e mudanças

Como devem saber, o óleo da caixa é um lubrificante, que serve para lubrificar as peças. Quando está em bom estado, este óleo evita que existam atritos entre os componentes.

Contudo, ao longo dos anos, o óleo da caixa de velocidades deteriora-se e, por isso, é preciso mudá-lo. Assim, estamos a garantir uma correta manutenção da caixa de velocidades.

Este óleo é bastante espesso e é usado para lubrificar as mudanças.

Os tipos mais frequentes deste produto são 75W, 75W-90, 80W-90 e 75W-140. Para saber se o teu carro tem componentes que utilizam este óleo, deves consultar o manual do veículo.

Valvulina é a mesma coisa do que óleo da caixa de velocidades?

Sim! Valvulina é o nome dado ao óleo para a caixa de velocidades dos veículos. O produto ficou popularmente conhecido por este nome devido à empresa Valvoline. Criada em 1886, nos Estados Unidos da América, é especializada no fabrico de lubrificantes para motores.

Valvulina e óleo da caixa de velocidades

Sinais de alerta

O sinal talvez mais fácil de detetar é se ouvires ruídos durante a transmissão ou se for muito difícil alterar a engrenagem. Trocando por miúdos, se for difícil colocar mudanças, é aconselhável espreitar a valvulina (nem que seja para descartar esta possibilidade).

Ainda assim, existem outros sinais que devem deixar-te alerta na altura em que estás (ou pediste para) a verificar o óleo da caixa de velocidades. Falamos de uma cor mais escura que o normal, existência de espuma à superfície, um cheiro a queimado e/ou existência de partículas de metal, plástico, aço ou areia.

Recomendamos que, se precisares de mudar o óleo da caixa de velocidades, procura sempre a ajuda de um profissional. Dessa forma, não correrás riscos durante a operação e nem colocarás em causa o bom funcionamento deste componente depois da intervenção.

Quando mudar o óleo da caixa

Uma vez que não há uma resposta exata para esta questão, apelamos sempre ao bom senso dos profissionais. Mas tentando responder, depende sempre do veículo e do estilo de condução a que é sujeito diariamente. Os especialistas aconselham a verificação do estado do óleo da caixa de velocidades a cada 20 mil quilómetros.

Em alguns casos, a mudança deste fluído poderá acontecer a cada 50 mil quilómetros. Isto pode acontecer nos casos em que o veículo é usado para reboque ou se a condução for feita em estradas com más condições.

Nos casos em que estamos perante a chamada “condução normal”, podes ter de mudar o óleo da caixa de velocidades entre os 96 mil quilómetros e os 144 mil quilómetros. Ou seja, alguns profissionais acreditam que dependendo do carro e do fabricante podes nem ter que te preocupar com este componente.

Mais uma vez, aconselhamos a leitura do manual do condutor para descobrir as especificidades do seu veículo.

aqui 3 erros mais comuns durante a condução.

Caixa de velocidades automática

Tal como as caixa manuais, também as caixas de velocidades automáticas necessitam de manutenção. 

A troca do “óleo” é uma premissa obrigatória a cada 60 mil km. Mas há ainda outros cuidados que deve ter para que este componente seja fiável e não dê problemas. Tal como uma caixa de velocidades manual, também uma caixa automática precisa de ser mantida. Ou seja, precisa que lhe seja feita a manutenção. A complexidade comparativamente à manual sobe um pouco, pois a caixa automática implica a troca de um filtro e de uma junta de borracha, entre outros processos distintos.

Caixa de velocidades automática

_________________________________

Recomendamos sempre aos nosso clientes que é importante verificar qual o estado do óleo de caixa ou valvulina, pois assim estamos a apostar numa manutenção preventiva! Assim, aconselhamos que também peçam ao vosso mecânico para verificar este lubrificante e, se não quiser, insistam!

Qual é a tua opinião sobre a valvulina? Comenta aqui em baixo se costumas ter atenção a isso.

Até à próxima!

Leave Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *