Comprar Agora

6 sinais de problemas nos travões | Dicas

Como sempre dizemos, o veículo dá alguns sinais de que algo não está bem. E o mesmo acontece com os travões. Na maioria das vezes, basta estarmos mais atentos ao comportamento do carro. Assim, facilmente percebemos que o carro fala connosco!

Todos sabem que verificar os travões do carro é fundamental para a manutenção da viatura. Porém, também é essencial para a segurança do condutor e dos passageiros. De uma forma direta, se os travões falharem, não há nada que consiga parar o carro e impedir um acidente!

Antes de mais, vamos esclarecer de forma muito resumida como funciona o sistema de travões.

Componentes do sistema de travagem.

O sistemas de travões é composto pelo repartidor do travão, alavanca do travão de mão, disco e tambor de travão, canalizações e tubagens, pedal de travão, bombas de travão, servofreio e depósito do líquido de travões.

Tipos de sistemas de travões: o dianteiro e o traseiro.

O sistema de travões dianteiro é composto por um disco de travão e por uma pinça de travão. O disco de travão gira ao mesmo tempo que a roda; enquanto que a pinça aloja as pastilhas de travão. Desta forma, a pinça é solidária à carroçaria e não gira.

Pela pressão do pedal de travão e através do líquido de travões, as pastilhas de travão são empurradas contra o disco. Assim, obriga-o a perder velocidade pela fricção.
As pastilhas de travão são fabricadas de material mais mole do que os discos. Desta forma, desgastam-se progressivamente. O desgaste das pastilhas de travão provoca um alargamento das distâncias de travagem. Por último, os travões podem ser ineficazes em caso de desgaste extremo.

Já o sistema de travões traseiro, pode ser dividido em dois tipos: primeiro, temos o sistema de discos e, em segundo, temos o sistema de tambor.

O sistema de discos traseiro funciona da mesma maneira que o sistema de discos dianteiros. Enquanto isso, o sistema de travões traseiros é composto por calços, cilindros e tambor. Sob a pressão de travagem transmitida pelo líquido de travões, os cilindros pressionam as calços contra o tambor. É desta forma que existe uma obrigação na redução da velocidade de rotação produzindo calor.

6 SINAIS DE PROBLEMAS NOS TRAVÕES

1. O pedal vibra

Se o pedal do travão vibra quando é pressionado pelo condutor, pode ser sinal de que é preciso substituir as pastilhas ou discos. Habitualmente, este é um sinal de desgaste das pastilhas ou deformação (pelo calor) das mesmas. No entanto, também pode tratar-se de um defeito nos discos, de uma peça desapertada ou de uma folga excessiva num dos eixos.

2. A luz dos travões acende-se

Esta é óbvia, mas o óbvio tem que ser dito. A luz acesa no quadrante pode indicar pastilhas gastas. Pode também indicar nível do líquido abaixo do desejável e até que o travão de mão está engrenado.

3. O pedal do travão “afunda-se”

Normalmente, este sinal está associado a fuga no circuito do líquido de travões, ou seja, uma anomalia no sistema hidráulico. Pode também estar relacionado com tubos do travão. Estes podem precisar de ser trocados. O Assim, é indicado verificar, o mais rapidamente possível, uma vez que pode tratar-se de uma anomalia grave. Geralmente, e na nossa opinião, o pedal do travão deve andar a par com o da embraiagem.

4. O carro desvia-se para um dos lados após travagem

Travou e o carro ‘fugiu’ para um dos lados? Este é outro dos indicadores de que o estado dos travões não está adequado. Assim, pode até levar a que perca o controlo do carro nas travagens. Este sintoma pode indicar problemas no repartidor de travagem.

5. Ruídos desagradáveis

A ocorrência de ruídos estranhos e desagradáveis, sempre que utiliza o pedal do travão, pode ser sinal que as pastilhas estão gastas. Também pode significar de que precisa mudar os discos.  Um dos sinais que acontecem com alguma regularidade, pode ser o chiar dos travões. Este chiar indicam desgaste das pastilhas. Assim, o ideal é trocá-las. Porém, e ainda assim, se os travões continuarem a chiar, aconselhamos a substituição também dos discos.

6. A distância de travagem é cada vez maior

Sempre que distância de travagem for superior ao normal, ou seja, cada vez maior, os travões do carro devem ser verificados. Este poderá ser indício de pastilhas desgastadas ou de falta de líquido de travões.

___________

Já conheces o nosso E-book? Para quem quer começar a trabalhar na mecânica, mas não sabe que ferramentas adquirir!

Leave Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *