Comprar Agora

COMO ESCOLHER JANTES USADAS COM 3 DICAS PRÁTICAS

Existem vários tipos de jantes, mas hoje vamos dar 3 dicas para escolher jantes usadas. Podemos identificar alguns tipos de jantes tais como de liga leve, fundidas, forjadas ou modulares, entre outras.

O que é e para que servem as jantes

Atualmente, as jantes tomaram proporções gigantescas quando falamos da aparência do veículo. No entanto, a sua função vai muito para além disso. A jante é um aro metálico da roda de um veículo automóvel que se fixa ao cubo e destina-se a receber o pneu. Assim, serve para dar a forma ao pneu e que, sem ela, nunca teria oportunidade de suportar toda a estrutura do veículo! Portanto, é através da jante que passa o movimento vindo das transmissões para os pneus. Ao mesmo tempo e como já vimos, as jantes suportam o peso do veículo, somado ao dos passageiros e carga. Para além disto, são constantemente solicitadas a esforço adicional devido às irregularidades do piso e às transferências de massa da carroçaria.

Dicas para escolher jantes usadas

1º Origem e marca

A primeira coisa a fazer é procurar jantes de origem. Ou seja, quando se fala “de origem”, estamos a falar de um produto correspondente à mesma marca do veículo

Nós damos sempre preferência pelas jantes de origem. No entanto, pode acontecer não encontrarmos jantes usadas e que sejam também de origem. E é nesta altura que entra a marca da jante. Isto é, se a jante não for de origem, procura sempre saber qual a marca e referências dessa marca. Se não conheces a marca das jantes em questão, informa-te sobre ela. A marca diz muito sobre a qualidade do material. Sobre marcas “brancas” e confiáveis, podes escolher entre a ROTA, a OZ ou a SPEEDLINE.

2º Estado em geral

Muitas vezes, procuramos pelas jantes em sites. No entanto, as fotos não mostram tudo. Assim, aconselhamos a marcares sempre com o proprietário para verificares pessoalmente qual o estado das jantes. Podes procurar por riscos, ‘empenos’ ou algum outro dano que não aparece nas fotos.

3º Medida

Outro ponto (muito) importante é saberes qual a medida das jantes. Desta forma, tens a certeza que corresponde à medida do veículo! Muito resumidamente, a marcação gravada na jante é composta por números e letras. Por exemplo, 6J x 15 H2 ET43 em que o 6J corresponde à largura da jante em polegadas (1 polegada: 25,4 mm); o 15 diz-nos o diâmetro da jante em polegadas; o H2 identifica o perfil do corte (contorno) da jante; e o ET43 apresenta-nos a distância da jante.

_____________

Já conheces o nosso E-book para mecânica? Descobre mais aqui!

Leave Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *